A escolha de um parceiro para auxiliar na administração de seu negócio é delicada, pois se coloca na mão de outra pessoa a responsabilidade que envolve a gestão de um verdadeiro patrimônio. Sua empresa é fruto de seu esforço e dedicação e de forma alguma deve envolver indivíduos que não reúnam todas as qualidades necessárias para o desenvolvimento de uma relação de plena confiança e respeito. Vejamos a seguir algumas dicas para facilitar a escolha do sócio certo.

 

  • Preze pela convivência

Será inevitável ficar ao lado do indivíduo que você escolher e, por essa razão, é importante que o mesmo tenha muito mais do que um currículo bem redigido – é vital que a convivência seja harmoniosa para extinguir as desavenças ao máximo possível. Na dúvida, conte com colegas de confiança para indicar nomes que possam ocupar a posição de sócio e agende quantas conversas forem necessárias até sentir firmeza para tomar essa decisão. Avalie o histórico dos candidatos e fique atento ao que as demais pessoas dizem sobre cada um deles.

 

  • Aprecie o bom ouvinte

Muitas vezes, profissionais de perfil sênior não lidam bem com devolutivas negativas, achando que suas experiências o qualificam como profissional suficientemente maduro para enfrentar qualquer questão. Para não ter problemas no futuro, vá atrás de um sócio com quem possa manter uma conversa adulta, ainda mais quando se tratar de feedback. Esse indivíduo precisa saber escutar para trabalhar seus pontos passíveis de melhoria, tanto no âmbito profissional quanto no pessoal. Igualmente, é um diferencial ter como sócio alguém que saiba conversar e sinalizar pontos de melhoria em você e no restante de sua equipe.

 

  • Busque o perfil de um líder

Em sua ausência, seu sócio deverá ser capaz de gerir situações adversas, solucionar conflitos entre colaboradores, arcar com imprevistos, entre outros. Para isso, é conveniente ter ao seu lado alguém com perfil de liderança e que consiga também alavancar projetos para que não fiquem apenas como ideias esboçadas no papel. É importante haver paixão por resultados. Resumidamente, seu sócio precisa dividir com você a sede de expansão e de crescimento contínuo.

 

  • Mantenha o foco na honestidade

O profissional que além de honesto também é ético, com certeza é indicado para compor sociedade com você. Fuja de pessoas com histórico ruim, que começam mostrando lealdade e comprometimento para depois estranhamente estarem envolvidas com problemas, atritos com outros colaboradores, escândalos que possam comprometer a imagem da empresa ou acusações recorrentes feitas por múltiplos acusadores. Tenha em vista que seu sócio terá acesso a informações privilegiadas sobre o negócio e que a falta de honestidade pode culminar no vazamento de dados sigilosos para concorrentes e interesseiros de má fé.

 

  • Verifique se há conhecimento sobre o negócio

O sócio, para performar suas funções e entregar resultados que vão além do esperado, deve ter conhecimento profundo sobre o negócio. Tenha ao seu lado alguém que conheça todos os produtos e/ou serviços que compõem o portfólio da empresa para que, consequentemente, esteja apto a sugerir mudanças agregadoras, incluindo acréscimos e cortes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *